11 de Agosto de 2020

#TBTManaus2020

Manaus, 30 de janeiro de 2020.

Terceira rodada do maior espetáculo da Terra.

Estádio Ismael Benigno, o alto da Colina.

O adversário é o Nacional.

Só a vitória nos interessa pra voltar ao topo da tabela.

Escalações divulgadas.

Adivinhem?

Mesmo time dos dois jogos anteriores.

Times em campo.

Árbitro autoriza.

Rola de bola.

Que começo de jogo é esse?

Jogadores brigam palmo a palmo por cada pedaço de grama.

E lá vem ele.

Rossini desde pela direita e cruza na área.

Olha o capitão aí.

Cabeçada firme.

Pega o goleiro.

Agora animou.

Não por muito tempo.

Capita deu mole no meio de campo.

Olha o que o cara tentou fazer do meio da rua.

Meu Deus.

Salva Jonathan em cima da linha.

Que goleiro.

Que homem.

Olha os caras de novo.

Jogo não tá bom pra nós.

Nervosismo aumenta.

Dentro e fora de campo.

Faltas duras.

Cartões.

O futebol respira.

Panda arrisca de longe.

Regly pega, sem dificuldade.

Poucas chances de gol.

Fim do primeiro tempo.

Intervalo

Sai Hamilton.

Entra Janeudo.

O jogo segue o mesmo.

Brigado.

Um cotovelo daqui.

Um xingamento dali.

Fajardiola inquieto no banco.

Chamou ele.

Paulinho, o Simionato.

Duvido adivinhar no lugar de quem ele entra?

Dele mesmo, Mateus Oliveira.

Olha a primeira participação dele aí.

Igor Carvalho vai ao fundo e cruza.

El Mini Tanque cabeceia sem direção.

Outra dele.

Mas dessa vez chutou errado.

Pressão nossa.

Agora vai.

Outro cruzamento na área do melhor lateral-direito do mundo.

Rossini desvia de cabeça, com perigo.

Sai Derlan.

Entra Gilson Alves.

Fim da pressão.

Jogo volta a ficar muito brigado.

Algumas discussões.

Pouco futebol.

Apita o árbitro pela última vez.

Voltamos a liderança.

Seguimos invictos no Barezão.

Deixe seu comentario

Patrocinadores