18 de Novembro de 2019

Obrigado, Manaus!

Nos braços do povo. Foi dessa forma que o Manaus FC encerrou sua participação na temporada. Na tarde deste domingo (18), o Gavião do Norte empatou por 2 a 2 com o Brusque-SC no tempo normal, mas acabou derrotado nos pênaltis por 6 a 5 e ficou com o vice-campeonato da Série D.

No tempo normal, Júnior Pirambu abriu o placar logo no início da partida. Poucos minutos depois, Sávio empatou para os donos da casa. Na segunda etapa, o tricampeão amazonense virou o jogo com Mateus Oliveira. Thiago Alagoano deixou tudo igual e a decisão foi para as cobranças de pênalti.

Derlan, Charles, Martony, Thiago Spice e Mateus Oliveira convertaram para os esmeraldinos. Thiago Alagoano, Airton, Thiago Henriques, Gama e Vinícios também fizeram para o Bruscão. Nas cobranças alternadas, Márcio Passos desperdiçou para o Manaus FC e Zé Carlos garantiu o título aos catarinenses.

Apesar do revés, os jogadores do Gavião do Norte saíram aplaudido pelos 44.896 torcedores que lotaram a Arena da Amazônia Vivaldo Lima. Após da derrota, o tricampeão amazonense está garantido na Série C de 2020. Mais que isso: o clube resgatou a autoestima e o orgulho do torcedor local em apoiar um time da terra.

Deixe seu comentario

Patrocinadores

Parceiros