05 de Dezembro de 2020

Gavião do Norte encara o Clube do Remo no Mangueirão

O Gavião do Norte tem um encontro marcado neste domingo às 17h (horário de Manaus) com Clube do Remo. A partida será realizada no estádio olímpico Jornalista Edgard Proença, o Mangueirão, e é válida pela penúltima rodada da primeira fase do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. O MANAUSFC está na sétima posição na tabela com oito pontos conquistado. O Remo está na quinta colocação com dez pontos.

Para esta partida fora de casa, o técnico Luizinho Lopes terá o desfalque do volante Márcio Passos, que nesta semana testou positivo para Covid-19. A semana marcou ainda a despedida do camisa 10 Rossini, que não chegou a um acordo com o clube para a assinatura do aditivo de contrato para o restante da Série C.

Retrospecto

Gavião do Norte encara o Clube do Remo no Mangueirão

Manaus e Remo já se enfrentaram duas vezes, no ano de 2018, quando o Gavião do Norte fazia sua estreia na Copa Verde. As equipes jogaram pela primeira fase da competição e, na ocasião, o esmeraldino venceu o jogo de ida, na Arena da Amazônia, por 2 a 0, gols marcados por Hamilton e Rossini. Na partida de volta, o esmeraldino empatou em 1 a 1. O gol do Gavião foi marcado por Wander. O MANAUSFC avançou até às semifinais da Copa Verde daquele ano.

No Pará

Gavião do Norte encara o Clube do Remo no Mangueirão

O elenco esmeraldino chegou neste sábado 26/9 em Belém, no Pará, e fez o último treino no estádio Leônidas Sodré de Castro, o estádio da Curuzú, casa do Paysandu.  

O técnico da equipe, Luizinho Lopes falou sobre a semana de preparação para este confronto. “Os trabalhos têm sido bons. Esses atletas são dedicados. Temos um grupo bastante disciplinado e nós que trabalhamos com futebol temos sempre que se reerguer após uma partida em que você não consegue a vitória, senão você não é digno de estar nesta profissão”, disse o treinador referindo-se aos dois últimos empates em casa, diante do Treze (PB) e do Santa Cruz (PE).

Tranquilidade

Luizinho ressaltou ainda a importância da tranquilidade que está tendo para trabalhar em busca da melhor formação em campo. “O clube tem dado tranquilidade para a gente trabalhar. Os atletas têm se empenhado e acho que está faltando aquele último detalhe, aquele último passe para que a gente possa ser mais eficaz. O futebol é um processo, a gente tem que se defender bem, atacar bem. Se preparar bem tanto para as bolas paradas ofensivas quanto as defensivas. Às vezes as características dos jogadores se apresentam melhor para determinado momento do jogo, por exemplo, eu acho que no que diz respeito a organização defensiva, a gente se postando muito bem durante as partidas. No jogo fora de casa que o diga. Então a gente tem esse desafio de melhorar esse nosso último de terço de campo, de sermos mais eficazes. Esse é o grande desafio do momento”, finalizou Luizinho.

Deixe seu comentario

Patrocinadores