O primeiro estadual

 

                                     Na Arena, o capitão Deurick ergue a taça de campeão estadual 2017. Fotos: Emanuel Mendes Siqueira

A Velha Raposa e o primeiro Campeonato Estadual

Em 2017 deu esperanças a torcida anunciando estrelas no elenco, com o campeão mundial pelo Inter, Ediglê. Começou o campeonato bem instável, terminando o primeiro turno da fase de pontos corridos em sexto lugar, fora da zona de classificação. Após isso, a diretoria do clube anuncia a contratação da Velha Raposa, Aderbal Lana, treinador multicampeão no estado, que já possuía 8 títulos estaduais.

Após a posse do treinador, o clube subiu de rendimento e, com uma vitória fora de casa contra o Princesa do Solimões, assumiu a terceira colocação e, consequentemente, classificou-se para a próxima fase. Na fase de semifinais, enfrentou o Fast Clube, em dois jogos, realizados no Estádio Carlos Zamith e na Arena da Amazônia, respectivamente.

                                         Técnico Aderbal Lana abraça presidente benemérito Luis Mitoso após conquista do Barezão.

O primeiro jogo da semifinal foi marcado por equilíbrio dos dois lados, com poucas chances para os times. Foi também manchado por uma briga generalizada na arquibancada e no campo de jogo, o que paralisou a partida por cerca de 20 minutos. Em campo, o resultado ficou em 2x0 para o Gavião da Capital, que deu um grande passo em direção á sua primeira final estadual. No segundo jogo, realizado com portões fechados por conta da confusão ocorrida no primeiro, o Tricolor partiu pra cima do Gavião, porém o resultado de 1x1 classificou o último para sua primeira final estadual da sua história.

Naquele ano, Esmeraldino tinha a grande dificuldade de enfrentar, em sua primeira vez como finalista, o maior campeão estadual, o Nacional, que possui 43 títulos amazonenses, e classificou-se após um empate em 2x2 e uma vitória por 2x0 contra o Princesa do Solimões. Os dois jogos, realizados na Arena da Amazônia, foram com torcidas divididas, por conta do episódio de brigas no primeiro jogo da semifinal, e com muito equilíbrio em campo, e, após uma vitória por 1x0, com gol aos 46' do 2º tempo, e um empate em 1x1, com Gavião do Norte sagrou-se campeão pela primeira vez em seus 4 anos de história.

Sócio Torcedor

Associe-se e faça o Manaus FC cada vez maior!

Camisa 2018

Adquira o unifirme ano 2018! COMPRE AGORA!

Passaporte MANAUSFC

Adquira o PASSAPORTE para 1 ano de Jogos

Patrocinadores

      

Apoiadores

     

Seja Parceiro!

CT Manaus FC

Sócio ManausFC